quinta-feira, 26 de junho de 2014

Descobre o sentido do tempo


É importante descobrir o sentido do tempo, descobrir a diferença entre o tempo que perdemos e o tempo que investimos para construir um futuro melhor. É fácil sermos arrastados na multidão, sem parar para pensar no que é importante para nós. Por isso, deixo o desafio:

Que tal sair dessa agenda obrigatória?
Que tal transformar o meu tempo em tempo útil para mim?
Que tal olhar de maneira diferente para o tempo que temos?
Vamos modificar o nosso tempo, caso contrario seremos mais um a cumprir as regras e a carregar os fardos do tempo, a passar pela vida sem viver. Eu quero viver o desafio constante, diário, de transformar o tempo em tempo de graças, onde Deus tem a oportunidade de me encontrar.

Examina cada um dos teus pensamentos, vais encontra-los todos ocupados com o passado ou com o futuro, quase nunca pensamos no presente. E se nele pensamos é somente para buscar a luz para dispor o futuro e o presente nunca é o nosso fim.                                                                Blaise Pascal

O passado e o presente são os nossos meios de chegar ao futuro. O problema é a incapacidade de perceber o momento presente, não podemos permitir que as experiências do passado e as esperanças do futuro venham sufocar o momento presente, porque assim nunca vivemos, mas esperamos viver. Viver o presente é identificar o que é realmente urgente, e o que é que eu preciso viver. Temos de trabalhar no presente por aquilo que eu esperamos que aconteça no futuro.

Quero pedir a Deus que nos ajude a articular bem estas 3 realidades do passado, presente e futuro. Para vivermos a oportunidade de ser quem realmente somos.



quarta-feira, 25 de junho de 2014

Felicidade

O que me trouxe até aqui foi o meu coração inquieto. 

E coração que não está inquieto é porque está acomodado, e coração acomodado não procura a Felicidade. Por isso, questionem com o coração porque as respostas são passos no caminho para Felicidade. Jesus perguntou à Samaritana, ''o que procuras?'' Também nós devemos responder a esta pergunta, o que procuramos na vida?  Precisamos de disposição interior para procurar e viver a nossa vocação. Como é que identificamos a nossa vocação? Na harmonia, na satisfação, na felicidade... Não basta ter vontade de fazer algo, é preciso estar á disposição da nossa vocação.

É importante ter a coragem de lidar com as nossas fraquezas, deixar Deus entrar bem no fundo do nosso coração, bem no interior onde está a dinâmica da nossa existência. É lá que Jesus quer chegar!

Deixemo-nos de felicidade de aparência, nós somos os primeiros a estar comprometidos com a nossas escolhas. A Felicidade de aparência é lixo no nosso coração, precisamos de uma felicidade humilde que traz a verdadeira alegria de Jesus.  E se quiseres prolongar esta alegria, partilha-a.



quarta-feira, 18 de junho de 2014

O caminho abre-se caminhando

Não adianta estarmos ansiosos na procura do caminho certo, até porque o caminho abre-se caminhando. Importa sim estarmos atentos e ouvirmos a voz silenciosa que fala do fundo do nosso coração, por meio da nossa consciência, e obedecer aos conselhos que ela nos dá.

Na procurar do nosso caminho, o melhor a fazer é orar. Orar espontaneamente, orar de todo o coração para termos discernimento na tomada de cada decisão. Alguém dizia, só com a oração não se faz nada. Mas sem Oração faz-se menos!!!
Faz bem a todos nós erguer os olhos para ao céu.

Nunca se pode dar um passo na vida se ele não vier de trás. Porque esta é a única forma de construir algo que tenha sentido e consistência. Ou seja, precisamos de saber de onde vimos e para onde vamos.
Devemos tomar consciência daquilo que queremos, ser humildes no reconhecimento daquilo que somos e cultivar a verdade em todos os momentos da nossa vida, e a Verdade nos levará triunfalmente ao progresso.

Pobreza e humildade estão no centro da mensagem evangélica, no centro da bíblia, sendo Francisco de Assis um excelente exemplo. E nós devemos seguir o seu exemplo desprendendo-nos do mundo e deixando voar o coração.




terça-feira, 17 de junho de 2014

Amar a todos

"Não basta amar, as pessoas têm de sentir esse amor"

Aprenda a amar a todos, indistintamente, para conseguir encontrar a luz que tanto anseia.
Procure não distinguir o sábio do ignorante, o rico do pobre, quando se trata de ajudar.
Saiba levar aos tristes a consolação, aos que lutam, o incentivo da compreensão e do carinho.
A quanta gente você pode ajudar com sua palavra, incentivar com um pensamento!
Ame a todos, indistintamente.


quinta-feira, 12 de junho de 2014

Um toque no Coração

Inspirada na série ''Um toque no Coração'' deixo-vos o seguinte texto.

Põe-ta a caminho do amor que sentes, olha para a frente e deixa para trás aquilo que te pesa e impede de ir ter com Jesus. Quanto mais leve a bagagem mais fácil a caminhada!

Quero que isto seja mais que um blog, porque uma frase pode mudar a tua tarde mas não vai mudar a tua vida, é preciso algo bem maior do que sentir o bem. Eu não posso viver só com o que eu sinto, mas sim com a verdade que Deus me revela.
Um dia quando estiver diante de Deus, ele não me vai perguntar como é que eu me senti... Quantas coisas boas é que fiz ou quantas coisas más deixei de fazer.. O que ele me vai perguntar é o que é que eu fiz com Jesus... Nós estamos perdidos, destroçados e não nos podemos concertar a nós próprios. Então não penses que precisas apenas de ser bom, temos de reconhecer que estamos de coração partido e que precisamos de Jesus para o concertar.

Senhor não é um nickname para Jesus, Senhor significa Rei. Tenho de confessar com a minha boca e sentir no meu coração que Jesus é o senhor e o Rei da minha vida. Então eu vou seguir o meu rei para sempre!
O mesmo Deus que ressuscitou Jesus dos mortos pode ressuscitar-me a mim também. Isto é muito maior do que tentar ser bom, é ter a noção de que precisamos de Jesus e por isso lhe entrego a minha vida. Esta é uma decisão muito pessoal, mas passo a passo conquistaremos a amizade de Jesus.

Se quiseres conhecer Deus, simplesmente diz-lhe e ele irá transformar a tua vida.


Serie Um toque no Coração, Recomendo!

segunda-feira, 9 de junho de 2014

''Não tenhais medo"

O medo impede-nos de viver!

Durante a minha sessão de surf foi esta a frase que me invadiu o pensamento, e foi este sentimento que me impediu de aproveitar boas ondas.

Não devemos deixar que o medo influencie tanto as nossas decisões e a nossa vida, até porque nós temos uma grande vantagem, que é Deus do nosso lado.
Se eu eu cair numa onda e ficar no turbilhão onde já só vejo escuridão, eu sei que Jesus me vai estender a mão e ajudar a sair de lá, eu só preciso de lhe estender a mão também e aceitar a sua ajuda. E toda esta situação é comparável com momentos da nossa vida, momentos de turbilhão e escuridão mas de onde podemos sair se aceitarmos a ajuda grandiosa de Jesus.
Temos medo de tomar decisões que mudam a nossa vida porque temos medo de arriscar viver. A vida não é perfeita, nós não somos perfeitos.. Precisamos é de ser honestos e desfrutar de cada momento.

Como dizia Jesus ''Não tenhais medo".



sábado, 7 de junho de 2014

Papa Francisco

Esta imagem inspirou-me a escrever já hoje sobre o livro que comecei à pouco a ler e que recomendo, Papa Francisco - Temos de ser Normais.

São pessoas assim que nos inspiram a ler, a viver, a amar e a sonhar.
Temos de procurar pensar, raciocinar, ter discernimento na tomada de decisões e na descoberta do nosso próprio caminho. Não podemos ser autómatos, podemos sim procurar saber de onde vimos e para onde vamos. Eu cá não quero viver ás cegas, mas sim ser eu mesma e viver os meus sonhos!

Deixo aqui um excerto para que também vós tenhais vontade de ler este livro.

"Deus nos surpreende.
 A pergunta é: 
 Deixo-me surpreender por Deus, como fez Maria, ou fecho-me nas minhas seguranças: seguranças  materiais, intelectuais, seguranças ideológicas, seguranças dos meus projectos?"

quarta-feira, 4 de junho de 2014

Uma criança perguntou ao pai:
- Qual o tamanho de Deus?
Então ao olhar o céu o pai avistou um avião e perguntou ao filho:
- Que tamanho tem aquele avião?
O menino Disse:
- Pequeno, quase não dá para ver.
Então o pai levou o filho a um aeroporto e ao chegar próximo de um avião perguntou:
- E agora, qual o tamanho desse avião?
O menino respondeu:
- Nossa pai, esse é enorme!
O pai disse:
Assim é Deus, o tamanho vai depender da distancia que estiveres dele.
Quanto mais perto estás dele, maior ele será na tua vida


segunda-feira, 2 de junho de 2014

State of Mind - Estado de espírito

O nosso estado de espírito influência e orienta a nossa caminhada, porque tudo depende do modo como vemos e fazemos as coisas, tudo depende da nossa disposição perante a vida e perante o mundo.
É preciso olhar o mundo com amor, realizar as actividades com boa disposição e aos poucos conquistamos uma alegria serena que traz a paz na alma.

A felicidade depende de condições internas e não externas
A Liberdade é um estado de espírito

Agradeço aos céus esta minha alegria serena mas ao mesmo tempo insatisfeita por ainda haver muito a conquistar. Quero viver atenta na procura do caminho certo mas não na ansiedade de o encontrar. Quero pedir a fortaleza divina que nos enche de vontade de lutar, essa Fortaleza que é um dom do Espírito Santo e que nos permite ir mais longe, é aquela força que brota do amor e te dá energia para continuar.
Nos meus momentos de oração sinto o amor de Jesus no meu coração, o que peço é que seja esse amor a conduzir a minha vida e a iluminar a vida dos que se cruzam no meu caminho para que todos possam ter a oportunidade de sentir um pouquinho dessa luz maravilhosa que é Jesus.


#Me: A melhor coisa deste mundo é sentir a paz na alma