quinta-feira, 31 de julho de 2014

Mais que acreditar, amar!

In The Blink Of An Eye de Michael Sinclair, Filme que recomendo. Aqui é reflectido que não basta dizer eu acredito, é preciso sentir bem forte no coração.

Não chega acreditar que Deus existe, precisamos de sentir o amor e viver o temor de Deus.
Este temor não significa, como diz o Papa Francisco, ter medo de Deus. «O temor de Deus, pelo contrário, é o dom do Espírito que nos recorda quanto somos pequenos perante Deus e perante o seu amor e que o nosso bem está no abandonarmo-nos com humildade, respeito e confiança na suas mãos».
Este dom do Espírito Santo ajuda a «reconhecermo-nos como filhos infinitamente amados e, ao mesmo tempo, consolida a nossa confiança e a nossa fé, porque nos faz ver como a nossa vida está nas mãos de Deus», sublinhou o Papa Francisco.

#Me: A reflectir em Lisboa, sobre o olhar de Cristo Rei