quinta-feira, 5 de março de 2015

Sonho tornado realidade - Miami, Haiti

É verdade, o divino faz destas surpresas, cultiva sonhos no nosso coração e quando menos esperamos esse sonho torna-se realidade.

Neste caso, o sonho estava tão perto quanto céu. Sim, este sonho começa a tornar-se realidade num vôou de 10 horas de Portugal para a América. Sendo a primeira paragem Miami.

Miami
Cidade com muita luz, luxo e praias encantadoras. Deixa o desejo de ser grande, de riqueza.
Depois de uns dias em Miami embarcamos num cruzeiro pelas Caraíbas Ocidentais. Allure of the Seas, Cruzeiro da Royal Caribbean, o maior e melhor cruzeiro do mundo. Caminhamos kilometros pelo navio. Perdemo-nos inúmeras vezes, mas como diz um amigo meu, a vantagem de te perderes é que tens a possibilidade de te encontrares.

Haiti
Paradisíaco, Encantador!
Começamos a visita ao Haiti com um passeio de mota de água feito com Guia. Tivemos oportunidade de conhecer não só a beleza como a pobreza desta ilha. A maior parte da população não tem electricidade, vivem em barracos. São pessoas serenas, que transmitem uma tranquilidade inexplicável. Não sei se poderei dizer que são felizes, porque apesar de terem sempre um grande sorriso, têm um olhar tão calmo que não sei se é triste ou se a minha pressa no olhar não me permite ver. Um olhar tão diferente do meu mundo que não consigo compreender. Queria ficar por lá um tempo para perceber e viver a simplicidade da felicidade.

Fiquei contente por saber que os haitianos são um povo de fé. Esta foi a lembrança que trouxe de lá.
#Me: Jesus is my boss!

De volta ao cruzeiro, de volta à riqueza. É extremo o contraste, muito consumismo, muitos olhares apressados. É como se o mundo tivesse dividido em compartimentos, como se a vida tivesse em diferentes compartimentos. E não devemos comparti-mentalizar a vida! Esta divisão da vida em compartimentos é algo que por vezes acontece na nossa vida, e é algo a que devemos ficar atentos pois devemos dar o nosso melhor em qualquer lugar em qualquer circunstancia, não apenas quando o ambiente o proporciona.


Paragem seguinte, Jamaica! Continuarei no próximo post :)